"Desde mi punto de vista –y esto puede ser algo profético y paradójico a la vez– Estados Unidos está mucho peor que América Latina. Porque Estados Unidos tiene una solución, pero en mi opinión, es una mala solución, tanto para ellos como para el mundo en general. En cambio, en América Latina no hay soluciones, sólo problemas; pero por más doloroso que sea, es mejor tener problemas que tener una mala solución para el futuro de la historia."

Ignácio Ellacuría, teólogo jesuíta espanhol que desenvolveu as suas atividades em El Salvador. Foi assassinado pelo governo.

O nosso Mundo

O nosso Mundo

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Trabalho com apresentação oral e escrita - Avaliação Primeiro Bimestre

Os alunos serão divididos em grupos de três membros, onde cada grupo representará um país, e cada membro representará uma personagem da vida social e política do país. Estas personagens estão convocadas a participar do 1º Congresso dos Povos Latino-Americanos onde deverão deliberar sobre questões fundamentais para o futuro político da América Latina. Cada país participará do evento com três representantes de diferentes setores da sociedade nacional. Nas deliberações do Congresso, cada país terá apenas um voto. Portanto os representantes do país deverão chegar a um consenso sobre a questão debatida. As questões serão apresentadas antecipadamente aos congressistas para que possam formular uma posição. Antes do início do Congresso, cada aluno deverá apresentar um texto sobre a posição inicial da sua personagem sobre os temas em questão.

ATENÇÃO: veja que o aluno não defenderá nas discussões a sua posição pessoal. Mas a posição da sua PERSONAGEM que deve levar em conta a história de vida dela. Portanto, a primeira coisa a fazer é pesquisar sobre a vida da personagem, condições de moradia, carências, salário, vida familiar, problemas políticos do país, etc., e a partir daí posicionar-se sobre os temas em questão. Então, por exemplo, estiver representando um camponês do sul do México deverá se informar sobre o estilo de vida desse camponês, como é a região, qual a condição da agricultura no lugar, qual a renda, qual o tamanho das famílias em média, diante destas condições de vida como este compon~es se posicionaria em relação ao Exército Zapatista de Libertação Nacional e em relação ao governo e em relação à oposição mexicana? este camponês é católico? é indígena? Ainda vive num ejido?

Esta é uma avaliação ORAL e ESCRITA. Será considerado tanto o texto que apresenta a posição inicial da personagem quanto a participação nos debates.

O texto escrito deverá ser entregue no dia 26/03, uma cópia deverá ser entregue para o professor, outra cópia deverá ser colocada na xerox para os colegas na pasta da disciplina. O texto deverá ter no máximo 15 páginas no total, ou seja, em torno de 5 páginas para cada representante do país em questão. Cada aluno deverá apresentar a situação de vida da sua personagem, quais os principais problemas que lhe afetam, quais as questões que a personagem considera relevantes para serem tratados, novas questões que deveriam ser introduzidas na pauta de discussão, e obviamente a posição em relação às questões postas em discussão no encontro e uma justificativa para as opções escolhidas.

Apresentação Oral: no dia 26/03 haverá uma primeira discussão, onde os representantes de cada país irão apresentar a sua posição oralmente. Em seguida haverá um debate sobre as questões. No dia 02/04 haverá mais um debate e uma negociação geral para se forjar uma declaração de consenso sobre o tema. Vejam que o objetivo é alcançar uma posição consensual, mas não é obrigatório que isso ocorra.

No 1º Congresso dos Povos Latino-Americanos as questões a serem debatidas são as seguintes:

1. Desenvolvimento: Qual o principal problema a ser solucionado? Quais políticas devem ser adotadas?

2. Integração Regional:

a. Posição em relação aos EUA;

b. Posição em relação a Hugo Chávez;

3. Comércio Internacional: liberalização do comércio de produtos agrícolas? A OMC atende aos interesses da região?

4. Direitos Humanos: a questão da mulher, dos indígenas, dos negros, e dos homossexuais. Seus direitos estão garantidos? Uma política de desenvolvimento deve considerar estas questões? Como?

Um comentário:

Flavia P. disse...

Professor, adorei esse trabalho! Me deu ate vontade de voltar! Hehe